Segunda, 02 de Agosto de 2021
19 99746-0072
Política Em texto no Facebook

Carla Flores defende sua viagem à Russia

A vereadora publicou um longo texto em seu perfil no Facebook.

26/06/2021 15h59
471
Por: A Estância
Carla Flores defende sua viagem à Russia

Aparentemente irritada com as críticas que vem recebendo por conta de sua viagem à Russia que será custeada com recursos da Câmara de Avaré, a vereadora Carla Flores literalmente “partiu para o ataque”, publicando um longo texto em seu perfil no Facebook.

Ela primeiro argumenta sobre os trâmites da verba que será utilizada para pagar sua passagem e estadia com dinheiro público: “...uma suplementação de verba nada mais é do que uma previsão orçamentária para um determinado fim e um ato da mesa para suplementação de verba como foi o ato nº 33 não foi nada mais nada menos que a suplementação de uma verba para que sejam custeadas as despesas”.

Ela prossegue no texto criticando reportagem que detalhou a viagem (sem citar o órgão de imprensa) e defendeu a necessidade de sua presença na Rússia: “E esse evento é voltado para os municípios, ele chama-se IMBRICS, International Municipal BRICS  é um evento deste bloco econômico voltado para os municípios e cada ano um município brasileiro vai para representar o seu país,  para atrair investidores para seu município para isso nós vamos estamos levando o projeto sobre Avaré sobre o potencial econômico e turístico de Avaré”.

Vereadora defende viagem internacional durante Pandemia

Outro foco de críticas da qual Carla Flores se defendeu em seu texto na rede social se dirigiu à questão de sua viagem ocorrer em plena Pandemia. “Penso que é agora mesmo, em tempos de pandemia, que temos de atrair mais empregos para nossa cidade que tanto sofreu junto com o país todo com muitas perdas de emprego. Então nós temos de movimentar a cidade, atrair para cá investidores. Mas isso só será possível se formos até lá (Rússia), se tentarmos”.

Parte das críticas apontou que a viagem seria um desrespeito com a população, já que não se justificaria uma despesa com viagens internacionais justamente em um período de pandemia, onde milhares estão perdendo seus familiares e seus empregos.

Carla Flores esclarece ainda que não irá gastar R$ 50.000 de dinheiro da Câmara na viagem: “...se ficarmos aqui sentados, simplesmente acatando as críticas recebendo as pedras e não indo não ousando e indo adiante em busca de uma coisa, de algo que seja realmente interessante que seja realmente evolutivo para Cidade, nunca saberemos se um dia teríamos ou não teríamos investidores estrangeiros aqui. Então essa é a função do vereador ir em busca do melhor para sua cidade e é isso que eu estou indo fazer na Rússia, buscar aquilo de melhor que Avaré merece, mas esclarecendo, esses R$ 50.000 jamais serão gastos”.

Ele1 - Criar site de notícias