Terça, 15 de Junho de 2021
19 99746-0072
Saúde Sem médicos

Médica do Samu leva paciente ao pronto-socorro e assume atendimento após constatar falta de plantonistas

Segundo a prefeitura de Avaré (SP), unidade estava sem médicos porque uma empresa terceirizada que administra o pronto-socorro teria atrasado o salário dos plantonistas.

08/06/2021 18h43 Atualizada há 6 dias
752
Por: A Estância Fonte: G1
Médica do Samu leva paciente ao pronto-socorro e assume atendimento após constatar falta de plantonistas

Uma médica do Samu assumiu o atendimento dos pacientes no pronto-socorro de Avaré (SP) depois de levar um morador até a unidade nesta segunda-feira (7) e constatar a falta de plantonistas no setor de emergência. 

Segundo a prefeitura, a médica também trabalha no pronto-socorro, mas não estava de plantão nesta segunda-feira.

A moradora Izabel Cristina Cunha de Souza esteve no pronto-socorro de Avaré na sexta-feira à noite e nesta segunda-feira pela manhã, para levar o marido. No entanto, nos dois dias, ela informou que não tinha médico para atendê-los. 

"Estive aqui no pronto-socorro na sexta-feira trazer meu esposo e não tinha médico, e hoje a mesma coisa: não tem médico. Isso é uma pouca vergonha para a população de Avaré, tem paciente aqui que vai embora com dor e não tem médico aqui", disse. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a falta de profissionais ocorreu porque uma empresa terceirizada que administra o PS teria atrasado salários e deixado de atender a pedidos dos plantonistas, como antecipação de pagamentos.

Por causa da falta de atendimento, a administração municipal informou que registrou um boletim de ocorrência e entrou com um processo por quebra de contrato. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que os casos estão sendo investigados pelo 1º DP de Avaré, e que as oitivas junto aos representantes ligados à saúde do município e dos responsáveis legais pela empresa contratante dos funcionários da unidade estão sendo realizadas. 

Ainda segundo a prefeitura, a situação teve início em março, havendo piora nos últimos dias. Segundo a administração municipal, uma nova empresa será contratada para administrar o pronto-socorro. 

O município garantiu ainda que havia um médico na unidade na tarde desta segunda-feira (7) e que, nesta terça-feira (8), os profissionais foram trabalhar normalmente.

A empresa Infomed, que administra o PS de Avaré, confirmou o atraso no pagamento de alguns médicos e disse que a situação está sendo regularizada. Segundo a empresa, uma auditoria interna vai apurar o porquê desse atraso, já que o repasse da prefeitura foi feito normalmente. 

O Ministério Público disse que também acompanha o caso. A Promotoria de Avaré questionou a prefeitura sobre a situação no PS, mas informou que ainda não obteve resposta

Ele1 - Criar site de notícias