Sábado, 15 de Maio de 2021
19 99746-0072
Política Na Jovem Pan

Membros do Diretório do PSD são entrevistados no Papo Reto

Declarações e apontamentos dos bastidores para a composição da mesa diretora da Câmara.

11/01/2021 12h34 Atualizada há 4 meses
517
Por: A Estância
Membros do Diretório do PSD são entrevistados no Papo Reto

A médica Ana Carolina e a advogada Patricia Gaiotto, membros do diretório do PSD municipal, concederam entrevista à Rádio Jovem Pan Avaré (SP), no programa Papo Reto, e falaram na manhã desta segunda-feira (11) sobre as traições e bastidores para a composição da mesa diretora da Câmara.

 

Dra. Carol, como é mais conhecida, cita que teve a incumbência de articular o partido para concorrer ao pleito municipal deste ano. Logo, convidou pessoas com a mesma linha de pensamento e dentre elas a vereadora Adalgisa Ward.

 

“Com a derrota para a Prefeitura nos restou a Câmara”, disse. Segundo ela, a ideia era fazer uma oposição que ajudasse a cidade e por isso tinha o esteio no Legislativo.

 

De tal forma, a proposta era de a vereadora mais votada de Avaré pudesse ser presidente, já que o PSD elegeu quatro vereadores, sendo a maior bancada da Câmara. Ela relatou que, junto com a Dra Patrícia, foram juntas com a Adalgisa fazer as primeiras articulações, conquistando o voto do Republicanos, do PSL e do Podemos.

 

Confira os principais momentos:

Cidadania

A diretora do PSD ressalta que era natural que houve manobras da base do prefeito para articular já que seu mandato já tem duas contas rejeitas pelo Tribunal de Contas, mas ficou indignada com as movimentações de pessoas que sempre foram oposição e com declarações que jamais fariam parte de um governo dos Silvestres. Referindo-se ao Vereador Flavio Zandoná (Cidadania) e a presidente do diretório municipal Isabel Cardoso, recém nomeada Secretária da Cultura.

 

Republicanos

“A Érica Alves foi vice do Denilson”, numa candidatura contra o Jô Silvestre. Mas Ana Paula do Conselho, do mesmo partido de Érica, votou com a base do prefeito contra Adalgisa e fez parte da mesa.

 

Denilson Ziroldo

Causa estranheza a inércia do Denilson, ele foi candidato contra Jô Silvestre e é amigo da Isabel Cardoso, presidente do Cidadania e que nesse governo assumiu a Secretaria de Cultura, contradizendo sua postura oposicionista mantida há vários anos. No final, os dois partidos da coligação de Denilson se juntaram com a base do prefeito, contra Adalgisa Ward. O placar, que era de 7 votos para Adalgisa e 6 para Flávio Zandoná, que contou com os votos da base de Jô Silvestre, no final se inverteu, onde Zandoná pelo voto de Ana Paula, apoiada pela ex-vice de Denilson Ziroldo, deu a vitória para o grupo fiel ao atual prefeito, que fizeram toda a mesa diretora e todas as comissões, infringindo uma derrota história para um partido que, mesmo com 4 votos, ficou a ver navios na Câmara de Avaré.

 

Racha

As duas integrantes do diretório do PSD citam terem sido impedidas por membros do próprio partido de ajudar Adalgisa em sua luta pela Presidencia da Câmara e que foram inclusive proibidas de falar com os vereadores. Ambas inclusive ressaltaram que são membros do Diretório, desfazendo uma mentira dita por partidários para tentar descredibilizá-las. E lembraram que o racha no partido ocorreu quando o vereador Carlos Wagner lançou-se candidato a presidente em disputa contra Adalgisa, fragilizando a legenda e abrindo margem para que o Republicanos passasse para o lado de Zandoná.

 

Roberto Aráujo

O comentarista do programa Lucas Mota lembrou a articulação do vereador Roberto Araújo que completará 28 anos na Câmara. “Por conhecer o regimento interno e saber dos bastidores ele foi fundamental para que isso acontecesse”.

 

Composição da mesa

Presidente - Flávio Zandoná (Cidadania)

Vice-presidente – Roberto Araújo (PTB)

1ª Secretário – Ana Paula do Conselho (Republicanos)

2º Secretário – Carla Flores (MDB)


A íntegra pode ser assistido na plataforma:
 

Ele1 - Criar site de notícias