Quarta, 02 de Dezembro de 2020
19 99746-0072
Geral Luciana Santini

Mulher que lutava contra câncer morre um mês após receber diploma de faculdade

Luciana Aparecida Santini Cardoso lutava contra o câncer havia seis anos e morreu nesta quinta-feira (5). Em 2015, ela se viu livre da doença e doou 30 perucas para ONGs de Avaré (SP).

07/11/2020 10h09
963
Por: A Estância Fonte: G1
Luciana Santini morreu na quinta-feira (5), em Avaré (SP) — Foto: Reprodução/Facebook/Luciana Santini
Luciana Santini morreu na quinta-feira (5), em Avaré (SP) — Foto: Reprodução/Facebook/Luciana Santini

A moradora de Avaré (SP) que lutava contra o câncer havia seis anos morreu nesta quinta-feira (5), um mês após publicar nas redes sociais que tinha recebido um diploma de honra ao mérito pela dedicação no curso de jornalismo de uma faculdade de Avaré. 

Luciana Aparecida Santini Cardoso chegou a doar 30 perucas que usava a duas ONGs de combate à doença, na cidade, em 2015. 

Luciana foi sepultada no fim da tarde de quinta-feira, no Cemitério Municipal. A causa da morte não foi informada. 

O câncer de útero foi diagnosticado em maio de 2014. Além do útero, o tumor maligno atingiu o intestino e a barriga, segundo Luciana, em entrevista na época. 

Na postagem sobre o diploma, feita no mês passado, Luciana postou que estava feliz com a homenagem. "Fiquei muito feliz em receber esse presente. Deus abençoe. A turbulência é difícil, mas creio que vai ser passageira. Amei. Meu coração se encheu de alegria. Amo vocês", escreveu.

Assim que teve o diagnóstico em 2014, Luciana passou por cirurgia para retirada do tumor e ainda por sessões de quimioterapia. Foram mais de seis meses combatendo a doença. Em janeiro de 2015, a moradora de Avaré se viu livre do câncer de útero e doou 30 perucas que usava a duas organizações não governamentais (ONGs) de combate à doença. 

“Todo dia era uma nova mulher. Me arrumar e se sentir bonita me motivava a me curar. Espero que os 'cabelos' façam outras mulheres felizes", disse Luciana na época.

No entanto, a doença voltou e ela lutou contra o câncer por seis anos, de acordo com um vídeo publicado nas redes sociais. 

"Câncer é uma doença difícil, tem seis anos que estou nessa luta. Todos que me conhecem sabe. Eu só tenho a agradecer, porque é tudo aprendizado. Vim para o hospital, a gente não leva nada, o carinho das pessoas, a gente aprende que a beleza fica em uma 'lata' e que o que é importa é saúde na vida", postou.

 

Ele1 - Criar site de notícias