Quinta, 13 de Agosto de 2020
19 99746-0072
Política Gestão

Prefeito de Avaré ignora requerimento da Câmara que suspende cobrança de consignados

A proposta abre a possibilidade para que a Prefeitura, por intermédio do Departamento de Recursos Humanos, negocie acordo com as instituições bancárias que prestam serviço de empréstimos consignados aos funcionários municipais.

27/07/2020 21h58
678
Por: A Estância
Prefeito de Avaré ignora requerimento da Câmara que suspende cobrança de consignados

A omissão do prefeito Jô Silvestre perante um requerimento aprovado na Câmara de Vereadores está prejudicando milhares de servidores em pleno momento de Pandemia.

Iniciativa do vereador Toninho da Lorsa, o pedido baseou-se em sugestão de vários servidores municipais e foi aprovado por todos os demais membros do Legislativo no dia 15 de junho. A proposta abre a possibilidade para que a Prefeitura, por intermédio do Departamento de Recursos Humanos, negocie acordo com as instituições bancárias que prestam serviço de empréstimos consignados aos funcionários municipais.

Nesse acordo, o prefeito poderia conseguir junto a essas instituições a suspensão do desconto dos contratos de empréstimo por três meses e ou proceder a negociação dos mesmos a fim de diminuir os valores descontados no salário dos servidores municipais que, neste momento de extrema dificuldade para as famílias, poderia conseguir um alívio financeiro bastante importante nesse momento.  

Mas, infelizmente, passados mais de um mês dessa proposta aprovada pelos vereadores, o prefeito Jô Silvestre não se movimentou no sentido de garantir esse importante benefício aos funcionários públicos municipais.

Ele1 - Criar site de notícias