Transamérica
Raissa Eduarda

Aluna do SESI Avaré é exemplo de amor ao próximo e cidadania

A jovem Raissa arrecada lacres, tampinhas de garrafas e cartelas de remédio para trocar por cadeiras de rodas para entidades assistenciais

05/03/2020 18h12Atualizado há 3 semanas
Por: A Estância
Fonte: SESI Botucatu
1.479

A jovem estudante do SESI Avaré, Raissa Eduarda de Souza Martins, sempre teve um sonho: ajudar o próximo. E foi com este desejo em mente que ela não só conseguiu transformá-lo em realidade como também passou a colaborar para tornar o meio ambiente mais limpo e sustentável. Tudo isso graças às arrecadações de lacres de latinhas, tampinhas de garrafas plásticas e cartelas vazias de remédios, materiais que ela troca por cadeiras de rodas para serem doadas a entidades assistenciais de Avaré.

Hoje com 14 anos, e desde os cinco estudando no SESI Avaré, Raissa pode até ser tímida em seu jeito de ser, mas espanta a vergonha quando o assunto é ajudar quem precisa, não medindo esforços para arrecadar os lacres, as tampinhas e as cartelas de remédios, tarefas para as quais também pede apoio a toda a comunidade avareense.

A iniciativa solidária de Raissa começou quando ela tinha apenas nove anos, como conta Anne Caroline de Souza, mãe da jovem. “Perguntamos para a Raissa qual era o sonho dela e ela falou que era ajudar alguém e doar uma cadeira de rodas. Aí, do nada e com nove anos de idade, ela começou a juntar lacres. Com isso ela conseguiu realizar o sonho de fazer a doação de uma cadeira de rodas”, recorda Anne.

Mas Raissa não parou por aí e não só prosseguiu com as arrecadações dos lacres como também passou a reunir tampas de garrafas plásticas e cartelas de remédios. “Achamos que ela ia parar, mas continuou. Ela permaneceu com esse intuito de arrecadações e começou a se empenhar ainda mais em ajudar. O intuito da Raissa é ajudar ao próximo e ao meio ambiente, porque ela quer um mundo melhor. Ela quer fazer a diferença”, frisa a mãe.

Todos podem ajudar

Atualmente, segundo Anne, a residência da família, localizada no Conjunto Habitacional Duílio Gambini, conta com cerca de 40 garrafas pets com os materiais arrecadados por Raissa, pouco mais de 20% das 180 garrafas necessárias para se trocar por uma cadeira de rodas.

“É importante que as pessoas se conscientizem que não são somente os lacres de latinhas que podem ser utilizados para a troca por cadeiras de rodas. As cartelas vazias de remédios e as tampinhas de garrafas plásticas também servem. Além disso, seria importante que todos ajudassem não só com as doações, mas com a divulgação da importância desses tipos de arrecadações. É algo que pode fazer a diferença e que as cidades e suas instituições poderiam aderir”, conclui Anne.

Serviço

Quem quiser colaborar com a iniciativa de Raissa pode obter informações com Anne pelo telefone (14) 99603-0760.

Eduvale
Municípios
One Center
Últimas notícias
Mais lidas