Transamérica
Avaré Alagada

Chuva deixa ruas alagadas e carros ficam 'ilhados' em Avaré

Segundo bombeiros, motociclista de 26 anos foi arrastado por enxurrada; ele foi socorrido e encaminhado ao pronto-socorro. Alagamento também deixou carros ilhados na cidade.

31/01/2020 15h25
Por: A Estância
Fonte: G1
416

Ruas de Avaré (SP) ficaram alagadas depois que um temporal de aproximadamente 30 minutos atingiu a cidade na tarde desta quinta-feira (30).

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, um motociclista de 26 anos foi arrastado pela correnteza por cerca de 50 metros na Rua Dr. Oswaldo Brito Benedetti, no bairro Brabância.

Ele e o veículo caíram em um bueiro, mas a vítima foi resgatada por um homem que estava no local. Em seguida, foi socorrida pela unidade de resgate e encaminhada ao pronto-socorro. A motocicleta foi recuperada.

Ainda conforme os bombeiros, o cruzamento da Rua Alagoas com a Rua Lineu Prestes ficou alagado e dois veículos que estavam estacionados no ponto ficaram ilhados.

Um outro local que ficou alagado foi o cruzamento da Rua Maranhão com a Distrito Federal, no Centro. Quatro veículos ficaram ilhados e chegaram a ser arrastados pela correnteza.

Um pedestre escorregou na enxurrada, mas foi retirado do local apenas com escoriações.

Ainda segundo os bombeiros, esta não foi a primeira vez que o ponto ficou alagado. Em dezembro, a água chegou a subir cerca de 1,5 metro. Um posto de combustíveis que fica no local quase teve as bombas encobertas pela água.

Apesar dos alagamentos, a corporação não registrou quedas de árvores nem desabrigados.

Em nota, a prefeitura disse que o problema de alagamento no Centro da cidade é crônico, desde a década de 60. Informou que uma obra de galeria, piscinões, desapropriações para tentar resolver o alagamento custa cerca de R$ 50 milhões.

Afirmou que enviou projetos para o Governo Federal e Estadual para buscar recursos e soluções.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.