Transamérica
PATRIMÔNIO

Restauração da antiga estação ainda não avançou

Prefeitura de Avaré obteve reintegração de posse do prédio histórico situado na Avenida Major Rangel

04/01/2020 15h31
Por: A Estância
377

Após conseguir judicialmente a reintegração de posse da antiga estação da Estrada de Ferro Sorocabana situada na Avenida Major Rangel, a Prefeitura da Estância Turística de Avaré espera dar um novo destino ao prédio histórico.

A Secretaria Municipal da Cultura está propondo parcerias com instituições educacionais da cidade para que, em breve, a estação possa receber investimentos para sua restauração e passe a servir de espaço para atividades educativas e culturais.

A pasta também acionou o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) solicitando orientações para a devida proteção do imóvel contra novas invasões.

“Nossa intenção é reocupar logo o imóvel para recuperá-lo e assim resgatar a memória ferroviária. São necessárias obras imediatas de conservação e estamos pedindo o apoio da comunidade para evitar que o prédio seja novamente invadido, pois isso é crime federal”, dizem os dirigentes do setor.

Valor histórico

Tombado através da Resolução SC 23, de 15 de março de 2016, o prédio merece ser conservado, segundo o Condephaat, pois representa o “avanço da malha ferroviária pelo centro-oeste paulista, por ter sido deflagrador de novo momento econômico na região e porque o seu conjunto arquitetônico tem qualificado valor simbólico para a constituição da identidade sociocultural da comunidade”.

Inaugurada em 1895 e reformada em meados dos anos 1930, a velha estação funcionou até 1953. Depois abrigou a Escola Industrial e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Com a extinção da Fepasa, o prédio foi transferido em 1996 ao patrimônio da União e permaneceu abandonado por vários anos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários